Éverton Backes

Éverton Luis Backes é natural de Santa Cruz do Sul - RS. Nasceu aos 24 dias do mês de agosto de 1979.

Licenciado em Música pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP) no ano de 2008, Bacharel em Saxofone no ano de 2009 (EMBAP) onde utilizou os Saxofones Tenor e Alto para formação de repertório Solo e Camerístico durante o curso.

Teve como coordenador do curso de Saxofone e professor de instrumento Wilson Annies no ultimo ano de curso e por quatro anos aulas de instrumento com o professor Rodrigo Machado Capistrano.

Pós-Graduado em Educação Musical (EMBAP) no ano de 2010 e Pós-Graduado em Políticas Públicas para Infância e Juventude pela UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa-PR) no ano de 2011.

No começo da carreira os primeiros estudos foram no Rio Grande do Sul, na cidade de Santa Cruz do Sul, com o Professor Luiz por seis meses e posteriormente Mauri Putzke por um ano, dando seguimento a formação mudou-se para Foz do Iguaçu (PR), onde incorporou o quadro da Banda Municipal de Foz do Iguaçu por dois anos e dez meses.

No ano de 2002 mudou-se para Curitiba no intuito de desenvolver o conhecimento.

Integrou no período de graduação o grupo acadêmico de Saxofones “A plenos Pulmões” nas seguintes formações, Sexteto (2004 – 2006), Quinteto (2007) e Quarteto (2008) da EMBAP (Escola de Musica e Belas Artes do Paraná) onde atuou tocando Saxofone Tenor (2004-2007) e Saxofone Barítono (2008), o qual era coordenado pelo Professor Rodrigo Machado Capistrano.

Atuou durante a graduação na Banda Sinfônica da EMBAP, a qual era coordenada pelo professor e Maestro Edivaldo Chiquini.

No final do ano de 2005 participou do espetáculo Gralha Azul no Teatro Guaíra (Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto), foi montada uma peça com Orquestra e Balé, onde integrou a orquestra.

Em 11 de junho de 2006, participou do concerto com a Orquestra Sinfônica do Paraná, na peça Um Americano em Paris (An American an Paris) de George Gershwin.

Em 2007 formou BraSax  Grupo de Saxofones no intuito de divulgar o saxofone, a musica popular e erudita como grupo profissional (Atua no grupo tocando Saxofone Tenor, Alto ou Barítono).

Em 17 de fevereiro de 2008 participou do concerto de Abertura da Temporada 2008 da Orquestra Sinfônica do Paraná no Teatro Guaíra (Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto), onde foi executado Rapsodia in Blue, Um Americano em Paris (An American an Paris) de George Gershwin.

Em 04 de abril de 2008 participou novamente de um concerto com a Orquestra Sinfônica do Paraná no Teatro Guaíra (Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto), onde se repetiram as peças Rapsodia in Blue, Um Americano em Paris (An American an Paris) de George Gershwin por pedido do público e seu sucesso no inicio da temporada.

 No período de maio a junho de 2008 fez 11 (onze) apresentações com o BraSax  Grupo de Saxofones pelo projeto da prefeitura de Curitiba denominado “Arte Por Onde Você Anda”. Tendo como espetáculo intitulado “E Agora José?! Educação e Cultura”.

Em 15 de junho de 2008 foi Solista (Saxofone Tenor) na obra “Bolero” do compositor Maurice Ravel junto a Orquestra Sinfônica do Paraná no Teatro Guaíra (Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto). Obra esta que é de muita importância para todo o saxofonista, pois é uma das poucas oportunidades de ter o Saxofone Tenor como instrumento solo em um trecho orquestral.

Em 15 de julho de 2008 acompanhou a Orquestra Sinfônica do Paraná em uma viajem para tocar no Festival de Londrina no Cine tetro Ouro Verde executando Um Americano em Paris (An American an Paris) de George Gershwin.

A partir de setembro de 2008 ingressou no quadro de funcionários da Banda Happy Day atuando como performer no Sax Tenor, Sax Alto e Flauta Doce. Nos vários eventos e shows particulares ou públicos. Deixando a Banda em 2011 para seguir com seu próprio negócio no ramo de eventos e casamentos.

Em janeiro de 2009 frequentou curso de aperfeiçoamento instrumental (saxofone) na Oficina de Música de Curitiba, assistindo as aulas do professor Francisco Ferreira do Porto - Portugal.

11 de janeiro de 2009 apresentou a peça Fantasia Brilhante Op. 75 de J. B. Singelée como saxofone solo no Teatro SESC da Esquina em uma apresentação de alunos da 27ª Oficina de Musica de Curitiba.

17 de janeiro de 2009 novamente foi Solista (Sax Tenor) na obra “Bolero” do compositor Maurice Ravel. Durante a 27ª Oficina de Musica de Curitiba.

13 de maio de 2009 se apresentou no recital de saxofone tocando as seguintes peças: Suíte Scharamouche de Darius Milhaud. Para Saxofone Alto e Orquestra (nesta apresentação tocou com a redução para Piano), Fantasia de Ronaldo Miranda, para Saxofone Alto e Piano, Fantasia Brilhante Op. 75 de J. B. Singelée para Saxofone Tenor e  a Fantasia de Denis Bédrad para Saxofone Tenor no teatro da (EMBAP).

11 de novembro de 2009 tocou o recital de formatura do curso de Bacharelado em Saxofone pela (EMBAP) no auditório Bento Moçurunga (EMBAP), sendo executadas as obras: Concerto para Saxofone em Eb de A. Glazounov, Sonata para Saxofone e Piano de Paul Creston, Já te digo e 1x0 de Pixinguinha e Espinha de Bacalhau de Severino Araujo.

 Em 2009 com BraSax  Grupo de Saxofones  se apresentou novamente em várias escolas do município de Curitiba e iniciou-se o projeto de gravação do primeiro CD do grupo.

Em janeiro de 2010 frequentou aulas de aperfeiçoamento, pois novamente o professor Francisco Ferreira (Porto - Portugal) esteve em Curitiba ministrando aulas de saxofone pela Oficina de Música de Curitiba.

Em 2010 estudou com o professor Dílson Florêncio no FEMUSC (Festival de Música de Santa Catarina) que foi um momento de aperfeiçoamento, desenvolvendo repertório camerístico, solo e em grupo.

Em 2011 com o CD "Saxofonando o Brasil das Cirandas" do grupo finalizado, foram feitas apresentações em Rio Negrinho (SC), São Bento do Sul (SC) e Curitiba em diversos locais, sendo o lançamento no Canal da Música.

Em outubro de 2012 é lançado o CD “Música Erudita para Crianças e Adolescentes – Ano IV da Fundação Solidariedade, patrocinado pela Volvo do Brasil, o qual participou da gravação nas faixas 1 Canta Brasil, 3 País Tropical, 5 Se Todos Fossem Iguais a Você e 11 Aquarela do Brasil, utilizando Saxofone Tenor.

Em outubro e novembro de 2012 realizou apresentações teatrais como o grupo da Escola Estadual Lúcia Bastos o qual é professor orientador do Programa Mais Educação do Governo Federal. Nesta ocasião apresentou a peça “Os Saltimbancos”,  e compunham este grupo 21 crianças de 6º e 7º anos do ensino fundamental.

Em 17 de janeiro de 2013 a convite do Maestro Edivaldo Chiquini fez parte da Banda Sinfônica da 31ª Oficina de Música de Curitiba tocando Saxofone Tenor.

Em 19 de janeiro de 2013 teve aula junto a classe da Oficina de Curitiba com o professor Emiliano Barri da Argentina.

      De 20 de janeiro a 02 de fevereiro de 2013 esteve no FEMUSC (Festival de Música de Santa Catarina) em curso de aperfeiçoamento e formação continuada no saxofone com o Professor Dílson Florêncio, onde também se apresentou com o grupo de Saxofones (12 saxofones) e a Banda Sinfônica do Festival na cidade de Pomerode - SC.
      Em abril de 2013 foi a Buenos Aires Argentina para frequentar aulas com o professor Emiliano Barri, tendo como oportunidade de ver o quarteto 4 Mil e aulas com Maria Noel no Conservatório Superior de Buenos Aires.
      Em março de 2014 assumiu o cargo de Professor de Atividades Musicais II - Saxofone na Casa da Cultura Fausto Rocha Jr. de Joinville - SC, onde desenvolve trabalho educacional de saxofone, bem como apresentações, concertos e orienta grupos de câmara.
      Em 12 a 16 de agosto de 2014 participou como ouvinte no 6o Encontro Internacional de Saxofones e 2o da Aliança Latino Americana de Saxofones (ALASAX) na cidade de Tatuí - SP.

No ano de 2015 tocou uma série de concertos intitulado “De Bach a Piazzolla” com o Quarteto de Saxofones BraSax, concertos realizados em Curitiba - PR, São Bento – SC, Joinville – SC, Fazenda Rio Grande - PR e São José dos Pinhais PR.

Crie um site gratuito com o Yola