Este espaço é destinado a reflexão pedagógica, divulgação de material sobre desenvolvimento de aulas e principalmente um espaço crítico sobre assuntos variados que permeiam a formação da criança, do adulto, ou seja, do ser humano.

É por obrigação que o Professor (Educador) esteja sempre em constante pesquisa e principalmente reflexão sobre a mídia, debates políticos, financeiros e de formação da opinião da grande massa. Pois o Educador é só terá sua função plena quando seguir estes passos.

“A verdadeira educação consiste em pôr a descoberta ou fazer atualizar o melhor de uma pessoa. Que livro melhor que o livro da humanidade?” (Mahatma Gandhi).

 

Escutar é se calar, pois quem tem muito a dizer sempre tem pouco a escutar, e a pausa, como para a música, na fala é muito importante, pois desta forma pode-se deixar espaço para o outro indagar ou colocar seu pensamento. Não estou dizendo que esta pratica é fácil, acho que é a mais difícil de todas as que Paulo Freire se refere em sua obra Pedagogia da Autonomia. Pois quando se sai carregado de informações de um curso, palestra ou mesmo da faculdade/universidade ou ao menos achamos isso, queremos colocar estas informações para fora, revolucionar o mundo!!! Mas é aí que cometemos nosso maior erro, pois o mundo já é uma revolução. Temos que saber lidar com isso e saber antes de qualquer coisa usar o tempo a nosso favor.

 

Não há inteligência da realidade sem a possibilidade de ser comunicada. (Paulo Freire, Pedagogia da Autonomia. Pg. 133).

 

Ensinar é como executar uma obra musical, temos que interiorizar a peça, isso que devemos buscar dentro do aluno, que ele se interesse e fique instigado ao ponto de que o conteúdo peça a ele mais. Isso fará o Educando buscar por suas próprias forças as respostas. Deste modo estaremos mostrando um bom caminho, não o levando pela mão até o objetivo.

Crie um site gratuito com o Yola